Gustavito lança primeira parte do álbum duplo Aho/Aha

 

Disco é o primeiro trabalho de inéditas do artista desde 2019

 

Na sexta-feira, 24/09, o cantor e compositor mineiro Gustavito apresenta a primeira parte do álbum duplo Aho/Aha, que sai pelo selo Pequeno Imprevisto. O disco traz oito faixas inéditas, incluindo os singles “Metta” e “Tupã”, que foram apresentados ao público nos últimos meses. 

 

O lançamento marca o retorno discográfico de Gustavito após 2 anos sem lançar material inédito – seu último disco, “Universo Reflexo”, é de 2019. Esta também é a primeira vez que Gustavito grava munido apenas de voz e violão, formato que o músico costuma usar em suas apresentações, mas que até aqui permanecia inédito em sua discografia. 

 

Gravar em formato voz e violão é especial pra mim pois carrego uma relação muito íntima com o instrumento. É uma abordagem que traz a essência das canções que se apresentam “nuas”, sem a roupagem que os arranjos com maior instrumentação trazem. Quis trazer a sensação da intimidade e contato com a natureza através do background de sons da mata que estão presentes e foram registrados em minha passagem pela Amazônia visitando aldeias indígenas no estado do Acre”, explica.

 

Das oito faixas, cinco são de sua autoria (“Aho/Aha”, “Violão de São Miguel”, “Canto Encantado”, “A Voz do Vento” e “Metta”). Há diversas parcerias no trabalho: “Tupã” é dele com Luiz Gabriel Lopes, “Flor Mimosa de Jurema” é assinada com Sara Baga, Luiza Jardim, Carolina Antunes e Param Dyal e “Amor de Tupinambá” é de Gustavito e Isabela Perobeli. A única versão é “Chamo os Caboclos”, de Vicente Júnior. 

 

Sobre a ideia de lançar um disco duplo em plena era dos singles, Gustavito diz que a escolha foi muito natural. “Ando vivenciando um período de alta produtividade, compondo muito nos últimos tempos e este ano me veio a inspiração de dar vazão a essa obra. Escolhi um recorte dentro do meu trabalho com as canções de um gênero conhecido como “Música Medicina”, que são canções que abordam diversas formas de espiritualidade. O disco é duplo pois as canções estão separadas em dois momentos simbolizando a polaridade das forças que regem o universo como no Yin Yang, o dia e a noite, inspiração e exalação, masculino e feminino etc”. 

 

A segunda parte do álbum, Aha, chega às plataformas em outubro.

 

Gustavito – Aho

24/09 em todas as plataformas digitais 

Lançamento: Pequeno Imprevisto 

(Visited 1 times, 1 visits today)